Saúde / Marechal Cândido Rondon 14 de fevereiro de 2020 08h34

UPA 24 Horas é habilitada e recebe repasse financeiro mensal do Ministério da Saúde

A equipe que atua na UPA é composta de 75 funcionários entre terceirizados, efetivos, comissionados, além efetivo do Consamu...

Recentemente, Marechal Rondon recebeu a confirmação da habilitação para custeio da UPA 24 Horas por parte do Ministério da Saúde, garantindo um repasse mensal de R$ 100 mil.

De acordo com a secretária de Saúde, Marciane Specht, o auxílio mensal, por parte do Governo Federal, chega em um bom momento. “Todos os meses são investidos dos cofres públicos do município na UPA em torno de R$ 800 mil, que são utilizados em custeio para a manutenção de toda a estrutura de urgência, sendo englobadas as despesas correntes e folha salarial, tanto dos servidores do município e do Consamu. Esse repasse só foi possível graças a todo um empenho de uma equipe e também do apoio do deputado federal Evandro Roman na tramitação do projeto”, explica Marciane.

“Esse aporte financeiro melhorará ainda mais a qualidade do atendimento prestado, além da possibilidade de se fazer a aquisição de mais materiais e equipamentos, melhorando ainda a dinâmica de trabalho e a resolutividade das questões que chegam na unidade de saúde", avalia Marciane Specht.

A equipe que atua na UPA é composta de 75 funcionários entre terceirizados, efetivos, comissionados, além efetivo do Consamu (Consórcio Intermunicipal de Saúde), todos treinados e capacitados para os atendimentos de urgência e emergência. A UPA realiza diariamente em média cerca de 500 atendimentos, entre consultas e demais procedimentos.

O PROJETO

O diretor da UPA, Rafael Heinrich, conta do processo que foi feito para a aprovação do projeto e que possibilita o repasse mensal para a unidade de saúde. “Na elaboração do projeto, nós apresentamos a integração da rede de urgência e emergência na 20ª Regional de Saúde, declarando os equipamentos da UPA como adequados, assim como a comprovação do funcionamento com a equipe multiprofissional adequada para realizar os atendimentos. Tivemos que passar também pela deliberação dos conselhos municipais e estaduais de saúde, além do alvará de funcionamento, a licença sanitária e o termo compromisso de manutenção da UPA”, salienta.

Com informações: Assessoria.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.