Política / Brasil 20 de dezembro de 2021 17h34

Projeto prevê batalhões escolares para a proteção de crianças e adolescentes

Pelo texto em análise na Câmara dos Deputados, o batalhão escolar terá os objetivos de policiamento, conscientização, prevenção e combate à violência...

Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados
Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

O Projeto de Lei 2388/21 determina que a União, o Distrito Federal, os estados e os municípios promovam, em regime de colaboração, a implantação de policiamento escolar na proteção de crianças e adolescentes.

Pelo texto em análise na Câmara dos Deputados, o batalhão escolar terá os objetivos de policiamento, conscientização, prevenção e combate à violência, às drogas e ao bullying.

Será dever da instituição de ensino assegurar o controle de acesso ao instituto educacional e garantir a segurança dos profissionais da educação e dos alunos em ambiente escolar.

Atentados
O autor do projeto, deputado Emanuel Pinheiro Neto (PTB-MT), afirma que a proposta tem o objetivo de trazer segurança aos ambientes escolares. Ele cita atentado a uma creche, no município de Saudades (SC), em 4 de maio deste ano, quando um homem de 18 anos matou três crianças e duas funcionárias. Além disso, lembra do massacre ocorrido em escola no município de Suzano (SP), em março de 2019, quando dois homens mataram cinco estudantes e duas funcionárias da escola.

O projeto insere as medidas no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Tramitação
A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Educação; de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Lara Haje
Edição – Roberto Seabra

Com informações: Agência Câmara de Notícias.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.