Saúde / Marechal Cândido Rondon 19 de fevereiro de 2020 08h50

Prefeitura rondonense inicia fumacê na região dos bairros Augusto I e II

O poder público está se antecipando ao trabalho do Governo do Estado, que só envia os carros que emitem inseticida quando já tenha sido decretado epidemia no município...

Após detectar grande número de casos de dengue na região dos bairros Augusto I e II, a prefeitura rondonense, através da Secretaria de Saúde, iniciou fumacê na madrugada desta quarta-feira, dia 19, com equipamento costal nestas localidades.

Conforme Sérgio Radke, chefe do Setor de Endemias, as atividades iniciaram com um trabalho denominado de “raio”, no período do dia, que constituiu em uma “varredura”, por parte dos agentes de endemias, em todos os imóveis daquela região, para eliminar todos os criadouros do mosquito. Após este trabalho aconteceu o bloqueio, através de fumacê com bomba costal, cujo inseticida é oriundo do Governo do Estado, e é aplicado para eliminar os mosquitos já eclodidos.

Pede-se que a população abra portas e janelas, para que as micropartículas cheguem em todo o imóvel e assim eliminem os mosquitos.

A secretária de Saúde lembra que o município se antecipou e conseguiu a liberação de 60 litros do inseticida, através do Governo do Estado, para que fosse pulverizado com equipamento costal. O carro do fumacê só é liberado quando o município entrar em estado de epidemia, ou seja, registrar mais de 150 casos confirmados da doença, como determina o protocolo do Ministério da Saúde.

Marechal Rondon encaminha-se para uma epidemia. Caso o número de confirmações da doença progrida da forma como vem evoluindo, isso deve acontecer nos próximos dias.

Com informações: Assessoria.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.