Policial / Brasil 10 de junho de 2021 17h34

Pastor que abusava de fiéis em busca de ajuda espiritual é preso no Bairro Floresta

A primeira delas, uma mulher de 27 anos, denunciou anonimamente os abusos em 2018...

Ao sair de uma igreja localizada no Bairro Floresta, na região Leste de Belo Horizonte, em Minas Gerais, o pastor de 38 anos foi preso suspeito de abusar sexualmente de mulheres que buscavam ajuda espiritual. A prisão aconteceu nesta quarta-feira (09).

O pastor foi preso após denúncias feitas por quatro mulheres que teria sido abusadas pelo homem. A primeira delas, uma mulher de 27 anos, denunciou anonimamente os abusos em 2018. Após o início das investigações, mais três mulheres, com idades entre 27 e 39 anos, também procuraram a Delegacia Especializada em Investigação a Violência Sexual para registrarem ocorrência.

De acordo com as investigações da Polícia Civil de Minas, o pastor convidava as fiéis para orações em um ambiente reservado e, nesse local, as orientava a praticar atos de cunho sexual.

Segundo as vítimas, ele pedia para que elas colocassem na boca o dedo polegar dele, simulando sexo oral, alegando que somente assim as entidades sairiam do corpo delas. As mulheres ainda contaram que ele as abraçava pelas costas, com força, e que podiam sentir o órgão genital do homem.

Depois de ser confrontado por uma das vítimas, o pastor a ameaçou e afirmou ter influência e amigos perigosos. Ele, que tem mais de 490 mil seguidores em uma rede social, “é considerado um religioso de referência e respeitado no círculo religioso”.

A delegada acredita que com a divulgação do caso outras mulheres sejam encorajadas a denunciar os abusos. O homem foi encaminhado ao sistema prisional.

Com informações: CGN.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.