Policial / Brasil 20 de setembro de 2019 08h20

Pai mata o filho de 6 meses com tiro no peito, após companheira recusar manter relações sexuais

Ele teria dado um tiro à queima-roupa, com a arma encostada no peito da criança, enquanto ela estava no berço...

Crime brutal e trágico foi registrado na madrugada desta quarta-feira (12). Segundo informações da polícia, um homem identificado como Maycon de 25 anos, matou o próprio filho, um bebê de apenas 6 meses, no município de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. Ele teria dado um tiro à queima-roupa, com a arma encostada no peito da criança, enquanto ela estava no berço.

Durante depoimento à Polícia Civil, a mãe da criança, identificada como Jeniffer de 20, contou que o crime aconteceu após ela ter recusado manter relações sexais com o companheiro.

“Ele queria manter relações sexuais com ela. Diante da negativa, ele teria buscado a arma. Primeiro ameaçou de morte a mãe, depois apontou para o bebê. Ela diz que pediu calma, e que ele perguntou se ela duvidava que ele tinha coragem. Então, teria atirado”, disse a delegada.

A delegada plantonista Caroline, informou que o pai da criança havia ingerido bebida alcoólica e consumido maconha e, por isso, não se lembrava do ocorrido.

O bebê chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas já chegou ao local sem vida. A arma usada no crime – uma garrucha calibre 22, semelhante a uma pistola – foi encontrada escondida no sofá da sala da casa da família, com várias munições.

Maycon não tem antecedentes criminais. Ele foi autuado por homicídio e pela posse da arma. A delegada disse descartar, em um primeiro momento, o envolvimento da mãe no crime.

Com informações: Comunidade F7 Notícias.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.