Cotidiano / Mundo 20 de novembro de 2020 11h38

Paciente de Covid toca violino em UTI de hospital pra agradecer

Grover Wilhelmsen tocou na unidade de terapia intensiva do Hospital McKay-Dee, em Utah, EUA...

Um paciente co Covid-19 resolveu presentear médicos e enfermeiros com uma apresentação de violino.

Grover Wilhelmsen tocou na unidade de terapia intensiva do Hospital McKay-Dee, em Utah, EUA.

“Ele teve a ideia dele de pedir pra família trazer seu violino para poder tocar para nós”, disse a enfermeira Ciara Sase.

“Ele estava tão envolvido com a música e era lindo de ver. Isso me fez chorar eu não conseguia parar só de ouvi-lo. ”

UTI

Wilhelmsen é um professor de orquestra aposentado, dono de uma escola de música e conserto de instrumentos.

Ele adoeceu no início de outubro e deu positivo para o novo coronavírus, de acordo com sua esposa, Diana Wilhelmsen.

Uma tosse forte o mandou para o pronto-socorro no dia  8 de outubro e no dia seguinte ele estava na UTI.

Video

A performance de Wilhelmsen – um agradecimento aos cuidadores – foi registrada num vídeo no início de sua estadia no hospital.

Não foi um recital curto. A equipe médica disse que ele tocou por algumas horas e dias.

Sase disse que normalmente atende pacientes de UTI entubados, sedados ou tomando analgésicos, mas certamente nunca tocaram violino.

“Sentar na beirada da cama, ler música e tocar um instrumento – isso está além de tudo que eu já vi antes”, disse Sase.

“É algo que estará para sempre em meu coração e me seguirá pelo resto da minha carreira de enfermagem.”

Com informações: Só Notícia Boa .

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.