Saúde / Paraná 03 de outubro de 2019 09h28

Outubro Rosa é todo dia! Prevenção precisa estar no centro das atenções

Campanha faz alerta sobre o câncer de mama, o segundo mais incidente entre as mulheres...

Segundo dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer), as estimativas de incidência do câncer de mama para o ano de 2019 indicam o surgimento de pelo menos 59.700 novos casos da doença, o que representa 25% dos cânceres em mulheres, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma.

Diante dos números alarmantes, a campanha mundialmente conhecida como Outubro Rosa ganhou força. Por isso, durante o mês, hospitais, instituições e empresas se unem para difundir informações sobre o câncer de mama, uma doença que, de acordo com o médico oncologista do Ceonc Hospital do Câncer, doutor Reno Paulo Kunz, é facilmente detectada caso a paciente siga a rotina dos exames preventivos.

“A comunidade como um todo dá muito destaque para o câncer de mama porque é uma doença que não tem causa específica. Normalmente, é um conjunto de fatores que, combinados, pode ou não culminar no surgimento da doença. Dado esse caráter dúbio da doença, enquanto médicos, reforçamos a necessidade das mulheres buscarem a mamografia todos os anos. É a partir deste exame de rastreamento, que será possível visualizar possíveis tumores e iniciar o tratamento de forma precoce, melhorando o prognóstico”, introduz o médico.

Fatores de risco

Sem causas específicas, o câncer de mama possui alguns fatores de risco, ou seja, situações que podem facilitar o surgimento da doença. Entre eles, estão: obesidade e sobrepeso, sedentarismo, alcoolismo e tabagismo, não ter tido filhos, primeira menstruação antes de 12 anos, parar de menstruar após os 55 anos e histórico familiar de câncer de mama e ovário.

“São fatores diversos, ligados a questões ambientais, hormonais e genéticas ou familiares. Nem todas as pessoas que possuem esse histórico terão a doença, mas é uma preocupação que já deve deixar a paciente em alerta”, ressalta Reno.

Sintomas

Diante da doença, o paciente pode perceber alguns sintomas que merecem a atenção. Na fase inicial do câncer de mama, ele pode ser percebido por meio de mudanças geradas nas mamas, como, por exemplo, nódulos fixos e, geralmente, indolores que podem surgir na região dos seios ou axilas; diferença na cor da pele das mamas, deixando a superfície avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no mamilo, que pode, ou não, apresentar saída de secreção e pequenos nódulos na região da axila e pescoço.

“É importante que a mulher faça as mamografias a partir dos 40 anos e, antes disso, faça o autoexame. Essa também é uma importante ferramenta para o diagnóstico precoce da doença”, indica o doutor Reno.

Para o autoexame, que pode ser feito a partir dos 20 anos e sempre 07 dias após o início da menstruação, é indicado que a mulher esteja em uma posição confortável, em frente ao espelho. O primeiro passo é observar as mamas, depois, apalpar as regiões ao redor dos seios e axilas, observando toda e qualquer anormalidade como caroços, protuberâncias ou secreções. Diante de qualquer alteração, é preciso procurar um médico especializado.

Outubro Rosa é todo dia!

Para conscientizar mulheres e comunidade sobre o câncer de mama, em 2019, o Ceonc Hospital do Câncer começou a campanha denominada “Outubro Rosa é todo dia”, como forma de reforçar a ideia de que para a prevenção, não há mês ou data específica – todos os dias, são dias para se cuidar.

“Disponibilizamos mamografia durante o ano todo e, se for identificada alguma alteração durante o exame de rastreamento, nós oferecemos uma estrutura completa, que encaminha a paciente para exames complementares como ultrassom e ressonância magnética, biópsia e mapeamento dos marcadores tumorais da lesão – tudo isso sem precisar sair do Ceonc. Depois, se for necessário fazer cirurgia, quimioterapia, radioterapia e reconstrução mamária, a paciente também encontra a estrutura necessária dentro do hospital, facilitando o tratamento e dando mais segurança para a paciente”, destaca o médico.

Para agendar a mamografia pelo SUS, basta entrar em contato com o Ceonc pelos telefones (45) 3324-4116, em Cascavel e (46) 3055-6161, em Francisco Beltrão.

“Muitas mulheres se recusam a fazer o exame porque ouviram falar que mamografia dói. Eu digo e sempre repito: é melhor fazer o exame e sentir uma dor momentânea do que passar pelo tratamento do câncer, que é longo e desgastante não só para o paciente, mas para toda a família que acompanha”, conclui o médico.

Dessa forma, para reforçar a ideia de que “Outubro Rosa é todo dia”, o Ceonc vai realizar ações nas cidades de Cascavel e Francisco Beltrão. Em Cascavel, no dia 05 de outubro, 300 balões rosa serão expostos no calçadão da Avenida Brasil para relembrar a população sobre a campanha. Junto ao local, um espaço para agendamento de mamografia, distribuição de flyers informativos e orientação sobre o câncer será montado. Em Francisco Beltrão, a mesma ação ocorrerá no dia 19, em frente à praça matriz da cidade. Em caso de chuva, as ações serão remarcadas.

Durante o mês, outras ações também serão desenvolvidas nas duas cidades. Para saber mais sobre a campanha, basta entrar em contato com o Ceonc Hospital do Câncer pelos telefones (45) 3220-4100, em Cascavel e (46) 3055-6161, em Francisco Beltrão. Além disso, durante todo o mês, informações e vídeos serão publicados nas redes sociais, como Facebook e Instagram.

Com informações: Assessoria.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.