Saúde / Mundo 26 de fevereiro de 2020 11h20

Japão divulga diretrizes básicas para combater coronavírus

Força-tarefa orienta as pessoas a ficarem em casa...

Foto: Peng Ziyang/Xinhua
Foto: Peng Ziyang/Xinhua

O governo do Japão definiu diretrizes básicas para medidas de proteção contra um surto nacional do novo coronavírus. Entre elas, recomenda-se que pessoas que apresentem sintomas leves se recuperem em suas casas para garantir que um atendimento médico adequado esteja disponível em centros médicos para pacientes em estado grave.

Membros da força-tarefa governamental sobre o coronavírus se reuniram nesta terça-feira (25) no gabinete do primeiro-ministro.

A força-tarefa informou que, no momento, foram registrados casos esporádicos de pacientes em diversas áreas do Japão nos quais a rota de infecção é desconhecida. Também mencionou que existem pequenos focos de infecção em algumas áreas.

Para prevenir contra a disseminação do vírus, a força-tarefa está orientando as pessoas a permanecerem em casa e não irem ao trabalho ou escola caso apresentem febre ou sintomas de um resfriado. Também está exortando empresas a promoverem um horário de trabalho flexível e trabalho remoto.

Segundo as diretrizes, não é necessário fazer um cancelamento ou adiamento em massa de eventos, mas recomenda que organizadores reavaliem a necessidade de prosseguir com seus planejamentos.

Em regiões que reportaram um aumento no número de infecções, pessoas com sintomas leves estão sendo recomendadas a se recuperar em casa. Centros médicos não especializados no tratamento de doenças infecciosas serão direcionados a aceitarem pacientes após implementarem um sistema de horas e zonas de circulação separadas.

Mortes
Até as 11h de terça-feira, o total de infecções confirmadas em decorrência do novo coronavírus no Japão tinha chegado a 851.

Desses casos, 146 são pessoas infectadas no Japão ou turistas da China e de outras regiões do mundo.

Entre os passageiros e tripulantes do navio de cruzeiro Diamond Princess, houve a confirmação de 691 casos.

Havia 14 infectados entre as pessoas evacuadas da província chinesa de Hubei em voos fretados pelo governo japonês.

Com informações: Agência Brasil.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.