Agricultura / Paraná 03 de setembro de 2020 11h58

Encontro online destaca o Paraná como produtor de alimentos

Desempenho do setor foi tema de evento promovido pelo Governo do Estado, Faep e Ocepar...

O agronegócio deverá ser o carro-chefe para a retomada da economia do Paraná na pós-pandemia. A conjuntura e o bom momento do setor foram temas de debate online realizado nesta quarta-feira (02) pelas secretarias estaduais do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo e da Agricultura e do Abastecimento, Sistema Faep/Senar e Ocepar. O encontro teve a participação do especialista em agronegócio, Alexandre Mendonça de Barros.

O presidente do Sistema Faep/Senar-PR, Ágide Meneguette, destacou a importância da infraestrutura paranaense para o desenvolvimento do agronegócio. "Mesmo durante a pandemia, o Porto de Paranaguá conseguiu manter as operações, batendo recordes de embarques de soja e outros produtos. Foi montada uma estrutura de guerra para que o porto pudesse agilizar as exportações e estamos batendo recordes", disse.

Ele lembrou que o Paraná deve conquistar, em maio de 2021, o reconhecimento internacional de área livre de febre aftosa sem vacinação, o que ajudará a abrir novos mercados, criando novas oportunidades ao setor agropecuário.

O secretário estadual de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, ressaltou que a articulação entre as áreas do Governo do Paraná e o setor produtivo é importante para agilizar procedimentos e criar condições para que o Paraná continue em rota de crescimento.

"O Estado somos todos nós, no mesmo caminho, puxando a corda para o mesmo lado para que possamos evoluir, usando o que temos de mais moderno, com agricultura e meio ambiente caminhando juntos", disse. "Buscamos sempre a eficiência com sustentabilidade", completou o secretário.

Nunes ressaltou, ainda, que a palestra sobre o cenário econômico e agrícola do Paraná faz parte de um projeto para nortear o produtor rural. Nessa linha, estão sendo programadas outras duas lives neste mês sobre previsão e tendências climáticas e sobre seguro agrícola.

"Para acompanhar a demanda do mundo por alimentos, foi criado o Programa Descomplica Rural e estamos finalizando o Descomplica da Energia Sustentável, com o objetivo de produzir uma energia que tenha menor ou zero emissão de carbono na atmosfera", destacou.


BOM MOMENTO

Para o presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, as cooperativas agropecuárias do Paraná estão prontas para aproveitar o bom momento e existe um planejamento para a expansão. "Nesse momento de pandemia, devemos acrescentar 6,5 mil postos de trabalho, em projetos que estão em amadurecimento e em novos investimentos. Estamos num bom caminho, mas concordo com a recomendação de cautela", disse.


PROTEÍNA ANIMAL

A importância do setor de produção de proteína animal foi destacada secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, lembrou que em 2019 as proteínas animais, pela primeira vez, ultrapassaram os grãos e florestas em Valor Bruto de Produção (VBP), no Paraná. Ele também fez coro às perspectivas positivas para o setor, ao longo do próximo ano.

"Para 2020, estamos projetando um crescimento de 15% do VBP, para R$ 111 bilhões. Dobramos a venda antecipada da soja e, neste ano, estamos com um terço da safra de soja vendida previamente", apontou. "Um cenário otimista, mas sem loucuras, com prudência, com cabeça no lugar e com ousadia no que pudermos fazer para melhorar a produtividade", disse Ortigara.


CONJUNTURA

O especialista Mendonça de Barros traçou um panorama do setor do agronegócio, destacando o momento positivo e a perspectiva de que mantenha ao longo de 2021. "Apesar dos bons ventos, a recomendação é de cautela, principalmente no que diz respeito a investimentos que demandem desembolsos significativos por parte do produtor rural", disse ele.

Com informações: Agência de Notícias do Paraná.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.