Tragédia / Curitiba 11 de março de 2021 10h20

Catadora de recicláveis é assassinada dentro de casa em Curitiba

Um filho da catadora viu o crime e não foi atingido...

A catadora de recicláveis Izaquel Soares dos Santos, 50 anos, foi assassinada por um atirador que invadiu a casa dela, no bairro Tatuquara, em Curitiba.

O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (10). A Polícia Civil trabalha com uma linha de investigação ligada a uma discussão que a catadora teve com uma traficantes da região. Um filho da catadora viu o crime e não foi atingido.

O atirador chegou até a casa dela, na Rua Romário Adalberto Olskowicz, por volta das 20h30, usando uma motocicleta.

Para a polícia, o filho de Izaquel contou que a mãe recebeu tiros nas costas. Ele disse que estava na sala, mas os atiradores procuravam pela mãe, apenas.

Vizinhos ouviram os tiros disparados contra a catadora. "A gente estava jantando e escutamos um tiro, apenas. Até pensamos que era rojão, algo assim, porque só ouvimos um. Mas, logo ouvimos gritos e mais três tiros. Corremos para o quarto porque ficamos com medo. Não sabíamos de onde estavam vindo os tiros", disse um morador da região, que não terá seu nome revelado.

Segundo ele, a morte da catadora Izaquel foi uma surpresa. "Passávamos aqui e ela sempre estava cantando louvor. A conheço de vista, mas trabalhava bastante juntando reciclável, um crime muito estranho", completou o vizinho.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga uma discussão entre a catadora e uma traficante na região. Para a polícia, a discórdia pode ter motivado o crime.

Com informações: Banda B.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.