Trânsito / Curitiba 10 de fevereiro de 2020 14h14

Carro bate contra muro e fica pendurado em fios de alta tensão em Curitiba

O motorista abandonou o carro após o acidente e não há informações sobre feridos…

Um carro Renault Sandero bateu contra um muro de palitos de uma subestação da Copel, na madrugada deste domingo (9), na rua Doutor Gabriel Ferreira Filho, no bairro Uberaba, em Curitiba. O para-choque dianteiro do veículo ficou pendurado pelos fios de alta tensão no local. O motorista abandonou o carro após o acidente e não há informações sobre feridos.

O morador da região, contou ter acordado por volta das 4h da madrugada com o forte barulho do impacto contra o muro. “Levantei por conta do barulho e fui verificar o que tinha acontecido, pois achei que tinha acertado o meu muro. Mas na verdade nos deparamos com o carro pendurado pelos fios de alta tensão na frente da Copel”, disse o morador.

Quando o morador saiu de casa para encontrar possíveis vítimas da colisão, ninguém mais estava no local. “Quando chegamos não tinha mais ninguém dentro do carro e não encontramos nenhuma marca de sangue. Parece até que o carro foi colocado ali de propósito como parte de uma campanha sobre acidentes de trânsito, mas realemnte foi uma batida impressionante”, afirmou ele.

O soldado do Batalhão de Polícia de Trânsito (Bptran), Hornung, disse que essa foi a primeira vez que ele atendeu a uma ocorrência com um veículo nessas condições. “Nesse sentido é a primeira vez , é um fato inédito. Quem não presenciou imagina que o carro foi colocado propositalmente ali”, revelou o soldado.

O veículo está com a documentação atrasada e será levado para o pátio do Bptran.

Com informações: Banda B.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.