Saúde / Brasil 22 de outubro de 2019 16h13

Brasileira desenvolve chip capaz de detectar 18 tipos de câncer em 15 minutos

O diagnóstico precoce do paciente aumenta as chances de cura em 70%...

Natural de Caruaru, agreste de Pernambuco, a biomédica e professora universitária Deborah Zanforlin desenvolveu um dispositivo que promete revolucionar o diagnóstico precoce de câncer.

O chip é capaz de detectar 18 tipos da doença no estágio inicial, por meio de um exame de sangue que fica pronto em apenas 15 minutos.

Deborah conta que o dispositivo mapeia marcadores sanguíneos liberados por células cancerígenas nos estágios iniciais da doença. O diagnóstico precoce do paciente aumenta as chances de cura em 70%.

Outro ponto importante é que o chip não libera radiação. O sistema também é portátil e pode ser levado com facilidade para cidades do interior, onde o acesso ao diagnóstico e ao tratamento é mais difícil.

A portabilidade e rapidez do aparelho também permitem que os exames sejam feitos com maior frequência, uma vez que o intervalo ideal entre um teste e outro deve ser de, no mínimo, seis meses.

Além disso, Deborah diz que o sistema pode ser usado para outros diagnósticos. “O chip pode ser utilizado para outras doenças no futuro, mas eu estou há cerca de dois anos focada no diagnóstico e no tratamento do câncer”, afirma.

A pernambucana já até viajou para Stanford, na Califórnia, para apresentar o chip na competição internacional BioScikin, na categoria Life Science. Boa, Brasil!  

Com informações: The Greenest Post.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.