Política / Brasil 19 de julho de 2019 09h35

Bolsonaro sanciona lei sobre autismo no Censo 2020

Assinatura aconteceu ao lada da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e do apresentador Marcos Mion...

Nesta quinta-feira (18), o presidente Jair Bolsonaro sancionou um projeto de lei que inclui informações sobre pessoas que estão no espectro do autismo nos censos demográficos realizados pelo IBGE. O PL 13.861/2019 havia sido aprovado pelo Senado no começo do mês.

A assinatura do texto contou com a participação da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e do apresentador Marcos Mion. Ele tem um filho com autismo e divulgou, na última semana, um vídeo em que o garoto, Romeo, pede a Bolsonaro a sanção da lei. A medida já irá valer para o Censo 2020.

Após a assinatura, Mion agradeceu a Bolsonaro.

– O senhor está representando milhares de famílias que estavam se sentindo completamento no escuro e invisíveis. Isto é um grande passo para toda a comunidade autista. É um passo gigante para todas as famílias que batalham há anos. Tenho a honra de estar aqui representando o trabalho de todas esses instituições que há décadas lutam por um reconhecimento como este – apontou.

Bolsonaro parabenizou o apresentador e disse que o governo ainda pretende fazer mais.

– Parabéns pela sua luta. Algumas divergências nós sempre vamos ter, mas como o Norte é um primeiro passo. Com toda certeza teremos outras pesquisas e outras formas de reconhecer, por parte do poder público, essas pessoas – destacou.

Em suas redes sociais, a primeira-dama também se manifestou sobre a assinatura.

– Hoje participei de reuniões sobre as demandas da comunidade autista e presenciei a assinatura da lei que inclui dados específicos sobre autismo no Censo 2020. Espero que isso traga ganhos concretos para as pessoas com autismo e suas famílias. Continuaremos trabalhando para dar mais visibilidade às causas das pessoas com deficiência no Brasil. Que Deus abençoe a todos – afirmou.

Com informações: Pleno News.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.