Saúde / Marechal Cândido Rondon 22 de maio de 2020 08h13

Arrastão para cadastramento no programa Previne Brasil acontece neste sábado em Margarida e bairros da sede

Até então a distribuição dos valores era feita com base na quantidade de pessoas residentes e de serviços existentes em cada município...

Desde o final do mês de janeiro a Secretaria de Saúde de Marechal Rondon, através dos Agentes Comunitários de Saúde, trabalha diariamente para realizar o cadastro do maior número possível de residências para o programa Previne Brasil, que visa promover uma reestruturação na forma que o Governo Federal distribui os recursos na área da saúde para os municípios.

Até então a distribuição dos valores era feita com base na quantidade de pessoas residentes e de serviços existentes em cada município, sem considerar o atendimento efetivamente prestado. Por isso é necessário um cadastramento em todos os domicílios de Marechal Rondon, até o final do mês de junho.

A secretária de Saúde rondonense, Marciane Specht, destaca que os agentes estão tendo dificuldades em algumas residências, pois os moradores não estariam recebendo os profissionais para realizar a coleta de dados. “Os Agentes Comunitários de Saúde estão devidamente identificados com crachás do município. Pedimos encarecidamente a colaboração dos rondonenses, para que recebam estes profissionais. O cadastramento é muito importante, mesmo para os que não utilizam o SUS”.

Os dados coletados são preenchidos em uma ficha denominada de Cadastro Individual da Atenção Básica. Entre as informações estão: escolaridade, profissão, condições de saúde, entre outros.

MAIS UM ARRASTÃO

O cadastramento está sendo realizado tanto na sede como no interior. As visitas estão sendo realizadas diariamente. No sábado, no entanto, assim como aconteceu no final de semana anterior, como forma de intensificar a coleta de dados, os Agentes Comunitários de Saúde estarão realizando um arrastão. O foco principal será os bairros da sede, menos a Vila Gaúcha e o Bairro Primavera, tendo em vista que nessas duas localidades os domicílios foram quase que todos visitados, e também o distrito de Margarida. “As famílias que não forem visitadas, o município irá perder os recursos sobre elas. Isso impacta significativamente na qualidade das ações prestadas”.

E QUEM NÃO USA O SUS?

Até mesmo quem não usa o SUS, precisa se cadastrar. Recursos do Sistema Único de Saúde não são somente utilizados em consultas e outros procedimentos médicos, mas sim também em outros setores importantes que beneficiam toda a comunidade de forma direta ou indireta, como no controle da água que se bebe, no controle dos alimentos oferecidos pelos estabelecimentos comerciais, as mais diversas vacinas, controle e tratamentos do doenças, entre outros. “Todos de uma forma ou outra utilizam os serviços do SUS. Por isso todos devem se cadastrar. Aguardem, pois um agente de saúde fará uma visita à sua casa”, enfatiza a secretária.

Com informações: Assessoria.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.