Policial / Paraná 31 de julho de 2020 13h53

Após fiscalização da PRF, carreta leva multa de mais de 41 mil reais

Motorista apresentou nota fiscal de milho, mas transportava soja...

Era mais uma fiscalização em busca de ilícitos ligados à fronteira entre Brasil e Paraguai. Mas dessa vez os agentes da PRF descobriram um crime fiscal.

Na tarde de ontem (30), a equipe da Polícia Rodoviária Federal lotada em Guaíra, no Paraná, deu ordem de parada a uma carreta na BR 272, que seguia em direção a Maringá, nesse mesmo estado.

Desconfiados do nervosismo do motorista, os policiais fizeram uma inspeção à carga, constatando que em vez de milho, como descrito na nota fiscal, havia mais de 37 toneladas de soja nos semirreboques.

Feito contato com o SEFAZ/MS, a carreta foi então conduzida ao posto fiscal Ilha Grande, onde foi pesada e autuada pelo transporte sem nota fiscal em mais de 41 mil reais.

Segundo o motorista, o motivo da fraude é o recolhimento de imposto ICMS sobre o valor da carga. Para efeito de comparação: a saca de milho estava cotada no dia da ocorrência em R$ 42,50, enquanto a soja estava valendo R$ 101,00.

Com informações: Assessoria.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.