Vereadores rondonenses pretendem criar o Dia Municipal de Prevenção ao AVC - Marechal Online

Saúde / Marechal Cândido Rondon 18 de abril de 2018 11h16

Vereadores rondonenses pretendem criar o Dia Municipal de Prevenção ao AVC

O AVC é a doença que mais mata brasileiros e causa incapacidade no mundo...

Com a finalidade de estimular medidas educativas e a conscientização da população por meio de debates e ações de políticas públicas, vereadores rondonenses propõem a criação do Dia Municipal de Prevenção Acidente Vascular Cerebral (AVC), a ser celebrado em 29 de outubro de cada ano. É o que prevê o projeto de lei 16/2018, de autoria dos edis Pedro Rauber, Ronaldo Pohl, Nilson Hachmann, Adelar Neumann, Adriano Backes, Claudio Kohler, Gordinho do Suco, Dorivaldo Kist, Portinho e Vanderlei Sauer.

Segundo justificativa do projeto de lei, que começou a tramitar esta semana, o AVC é a doença que mais mata brasileiros e causa incapacidade no mundo. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que o AVC é responsável pela morte de 5 milhões de pessoas no mundo a cada ano. No Brasil, a doença acomete mais de 100 mil pessoas anualmente, de acordo com o Ministério da Saúde.

Ainda assim, a população não reconhece os sintomas, não sabe que atitude tomar na vigência do quadro agudo, não conhece os fatores de risco e adere mal à sua prevenção.

Conhecido popularmente como derrame, as principais causas do AVC são: hipertensão arterial (aliada ao tabagismo e alcoolismo), aumento nos níveis de colesterol, diabetes, doenças do coração e o uso inadvertido de anticoncepcionais orais. Obesidade, alimentação com altos teores de gordura e estresse também aumentam a incidência da doença. Outro fator é o uso de drogas ilícitas.

“Os riscos podem ser minimizados desde que a pessoa esteja disposta a adotar medidas não medicamentosas que podem reduzir a pressão arterial e contribuir para a prevenção do AVC, tais como: redução do consumo de sal, gorduras e álcool, dieta adequada aos diabéticos, realização de atividade física regular e controle do peso, além da adoção de um estilo de vida menos estressante”, afirmam os vereadores autores do projeto de lei.

O texto será votado no plenário após a análise e pareceres das Comissões Permanentes de Justiça e Redação e de Educação, Cultura, Saúde, Bem-Estar Social e Ecologia do Poder Legislativo.

Com informações: Assessoria.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.