Política / Brasil 07 de agosto de 2018 08h20

TCE-PR capacita vereadores mirins em 7 cidades para fiscalizar gasto público

A capacitação ministrada pelo TCE-PR envolve quatro grandes temas: com...

A Escola de Gestão Pública do Tribunal de Contas do Estado do Paraná iniciou, nesta segunda-feira (6 de agosto), o programa de capacitação dos nove vereadores mirins eleitos pelos alunos do ensino médio do Colégio do Serviço Social da Indústria (Sesi) de Curitiba. Desenvolvido em parceria entre o TCE-PR, a Federação das Indústrias (Fiep) e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR), o Projeto Jovem no Controle envolve os colégios do Sesi nos municípios de Curitiba, Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel, Foz do Iguaçu e Pato Branco.

O tema da aula inaugural, realizada no Colégio Sesi do bairro Boqueirão, na capital, foi o papel fiscalizador do vereador. A aula foi ministrada pela diretora da Escola de Gestão Pública, Mady Cristine Marchini; o supervisor de Capacitação da EGP, Anderson Saladino; o ouvidor do TCE-PR, Patrick Machado; e os analistas de controle André Fadel, Edgar Ricce e Leandro Menezes. Nos municípios do interior do Estado a capacitação dos vereadores mirins seguirá o calendário abaixo.

A capacitação ministrada pelo TCE-PR envolve quatro grandes temas: o papel fiscalizador do vereador; orçamento público, com destaque para os investimentos em educação e saúde; cidadania e transparência; e controle social. Em cada um dos sete colégios do Sesi participantes da iniciativa, foram eleitos nove vereadores mirins, diretamente pelos colegas. Os eleitos foram diplomados pelo TRE-PR.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.