Saúde / Marechal Cândido Rondon 18 de julho de 2018 15h45

Setor de endemias alerta: mesmo no inverno, a dengue preocupa

No entanto, o calor fora de época exige que o cuidado por parte da população seja mantido...

Os meses de inverno costumam frear a proliferação do mosquito Aedes aegypti. No entanto, o calor fora de época exige que o cuidado por parte da população seja mantido. O setor de endemias da Secretaria de Saúde de Marechal Rondon orienta que os rondonenses reforcem as medidas preventivas de combate a dengue.

De acordo com o responsável pelo setor de endemias de Marechal Rondon, Sérgio Radke, “o trabalho da equipe de endemias está sendo constante. Prova disso, é que passamos da meta estipulada de número de locais vistoriados pela nossa equipe”.

Para o setor de endemias, o ano é dividido em seis períodos marcados por dois meses cada ciclo. Nos meses de maio e junho, correspondentes ao último ciclo, 82,95% de casas, locais públicos, estabelecimentos comerciais, etc., foram vistoriados. A porcentagem representa 17.305 locais visitados, de um total de 20.863.

Outro trabalho desenvolvido pelo setor de endemias é o de vistoria a cada 15 dias em 83 pontos estratégicos do município. “Estes locais são aqueles que possuem maior potencial de irradiação e recepção”, explica Sérgio.

Atualmente, a equipe do setor de endemias é composta por 37 pessoas. “A nossa equipe é muito empenhada e está todos os dias na lida, não medindo esforços para que a população esteja livre da dengue”, destaca Radke. “Para que o nosso trabalho possa ser ainda melhor, precisamos da colaboração constante da população rondonense. Muitas vezes, dificuldades são colocadas no nosso dia a dia, como acessos trancados, animais impossibilitando a entrada ou até mesmo daqueles moradores que não nos recebem bem. As pessoas devem entender que estamos nas suas casas para ajudá-las”, completa.

NOTIFICAÇÃO
O Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) no último ciclo foi de 2,1%, número considerado moderado pela Secretaria de Saúde. “Este número deve ser inferior e para isso estamos trabalhando das mais diversas formas. Em último caso, mesmo não sendo o nosso objetivo, quando não há colaboração do morador e focos são encontrados pela nossa equipe, temos que notificar. Após este procedimento, a pessoa tem 48 horas para regularizar a situação. Caso isso não ocorra, o notificado receberá multa que pode variar de R$ 152 a R$ 2.000,00”, salienta Sérgio.

CONSCIENTIZAÇÃO
Os trabalhos dos agentes de endemias não são apenas com vistorias em casas, comércios, etc. mas também de conscientização. Todos os meses, trabalhos de conscientização, por meio de teatrinhos, palestra e entrega de panfletos passam por escolas, postos de saúde, empresas, entre outros.

Com informações: Assessoria.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.