Política / Brasil 10 de agosto de 2018 13h33

Rubens Bueno pede explicação a ministro da Educação sobre suposto corte no orçamento da Capes

No documento, o parlamentar afirma que mais de 200 mil bolsistas poderiam ser prejudicados caso aconteçam cortes no orçamento da educação estimados em R$ 580 milhões...

O deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR) protocolou requerimento de informação (RIC 3665/2018) na Câmara dos Deputado, nesta quarta –feira (08), no qual pede explicações ao ministro da Educação, Rossieli Soares, a respeito do suposto corte no orçamento da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) para bolsas de pós-graduação e a suspensão de programas de educação básica, de universidade aberta e de cooperação internacional.

No documento, o parlamentar afirma que mais de 200 mil bolsistas poderiam ser prejudicados caso aconteçam cortes no orçamento da educação estimados em R$ 580 milhões, a partir de 2019.

"A divulgação dessa notícia acarretou verdadeiro pânico entre bolsistas, alunos de pós-graduação, professores e candidatos a programas de aperfeiçoamento promovido pela Capes. A redução no orçamento vai comprometer a maior parte da produção científica brasileira e destruir tudo que construímos ao longo dos anos", alertou Bueno.

Entenda o caso

O Conselho Superior da Capes encaminhou recentemente ao ministro da Educação considerações sobre a elaboração da proposta orçamentária, manifestando sua preocupação quanto à limitação de seu orçamento para 2019. O conselho alerta sobre o risco de paralisação nas atividades e pede ao governo federal que impeça a redução nas verbas.

Com informações: Assessoria.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.