PRF detecta problema em freio e retém carreta com 38 toneladas de madeira - Marechal Online

Policial / Paraná 12 de junho de 2018 16h59

PRF detecta problema em freio e retém carreta com 38 toneladas de madeira

Abordagem ocorreu hoje (12) na BR-376, em Tijucas do Sul (PR), na região da Serra do Mar...

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) reteve uma carreta bitrem que transportava 38 toneladas de madeira na manhã desta terça-feira (12) na BR-376 em Tijucas do Sul (PR), região metropolitana de Curitiba.

Durante a abordagem, na Unidade Operacional Alto da Serra, os agentes da PRF perceberam que havia um isolamento no sistema de freios do último eixo do segundo semirreboque.

A cuíca (câmara) de freio havia sido retirada. As mangueiras estavam dobradas e amarradas.

O caminhão está retido no posto da PRF até que o motorista ou a empresa proprietária providencie a ida de um mecânico até o local, para fazer a regularização do sistema.

Conforme o Código Brasileiro de Trânsito, a infração de conduzir veículo em mau estado de conservação ou com equipamento obrigatório ineficiente é de natureza grave. O valor da multa é de R$ 195,23. São cinco pontos na carteira de habilitação.

O ato de isolar parte do sistema de freios é uma medida emergencial, que em tese o caminhoneiro poderia adotar de maneira excepcional, até chegar à oficina mais próxima. Há casos, porém, de motoristas que continuam usando o caminhão por vários dias ou semanas, apesar do problema.

O fato de o freio deixar de funcionar em um ou mais eixos pode vir a provocar sobrecarga e falência de todo o sistema.

A abordagem da carreta retida hoje pela PRF foi motivada inicialmente por uma suspeita de roubo. A empresa de rastreamento havia feito contato com a polícia, relatando que não conseguia fazer contato com o motorista. Mas o roubo não foi confirmado. Houve apenas um problema de comunicação entre o veículo e a empresa.

Desde dezembro de 2014, a PRF, em parceria com concessionárias de rodovias, realiza no Paraná a Operação Serra Segura. Em 75 edições, a PRF já fiscalizou 4.788 caminhões. Desse total, 1.240 veículos apresentaram ao menos uma irregularidade. O número equivale a 25,9% do total de caminhões abordados.

Pneus em mau estado de conservação, problemas no sistema de freios, irregularidades relacionadas ao tacógrafo e suspensão alterada estão entre as principais causas dos 2.317 autos de infração emitidos durante essas operações da PRF.

Com informações: Assessoria.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.