Policial / Brasil 09 de julho de 2018 09h58

Possível estupro de vulnerável termina com uma pessoa morta e suspeito de ser estuprador preso

A criança conseguiu fugir da casa do idoso quando o mesmo teria ido ao banheiro e disse que não contou antes porque estava com medo...

No início da noite de sábado (7), a Polícia Militar de São José das Palmeiras foi acionada para se deslocar até um estabelecimento comercial do distrito de Luz Marina, onde o empresário relatava que teria obrigado um idoso que estaria sendo linchado por populares e pedia por socorro.

No local os policiais encontraram uma aglomeração de pessoas bastante exaltadas. No interior do estabelecimento, em contato com o idoso, ele relatou aos militares ter sido agredido por um homem, vinda a causar um hematoma no olho direito e face,  disse ainda que o motivos da agressão seria por estarem o acusando de ter abusado sexualmente de uma criança, porem ele negou os fatos.

Logo em seguida, a avó de um menino de 05 anos de idade, falou aos policiais que por volta das 15h de sexta-feira (6), seu neto pediu pra que a deixasse ir ate a casa de um amiguinho brincar e que horas depois percebeu ele voltando pra casa chorando desesperado. A avó disse que perguntou o que havia ocorrido e a criança respondeu que não seria nada. Quando o menino entrou em casa, correu para o banheiro e foi tomar banho e na sequencia se trancou no quarto.

Desconfiada a avó forçou a porta e flagrou a criança nua se olhando no espelho e desconfiou que algo errado estaria acontecendo, porem só na data de sábado a criança relatou o que havia ocorrido.

O menino disse que quando chegou na casa do seu coleguinha, encontrou apenas o avo dele na residência, o qual teria pedido pra que ele entrasse na casa e fechou as portas. Em seguida o idoso obrigou a criança tirar as roupas, passou um produto na região anal da criança, a violentou e no final fez ameaças dizendo que se ele contasse pra alguém iria se ver com ele.

A criança conseguiu fugir da casa do idoso quando o mesmo teria ido ao banheiro e disse que não contou antes porque estava com medo.

O idoso foi encaminhado ao Centro de Saúde de São Pedro do Iguaçu, onde passou pelo teste rápido de sangue e a vítima foi encaminhada a UPA, para passar por exames que comprovem o abuso sexual.

Posteriormente os envolvidos foram encaminhados a Delegacia de Policia Civil de Toledo para os procedimentos cabíveis.

Enquanto os policiais estavam no interior do estabelecimento comercial ouvindo o idoso, foram informados por populares que em uma rua próxima teria ocorrido um desentendimento por causa do possível estupro e que um individuo foi ferido por arma branca e o autor teria se evadido do local, porém os populares não souberam informar quem seria o autor.

Foi acionada uma ambulância e chamado uma equipe policial de São Pedro do Iguaçu para fazer atendimento desta ocorrência e localizar o autor.

O CL tentou contato com a Polícia Militar de São Pedro do Iguaçu, para saber mais detalhes sobre o crime, porém não foi possível conversar com os policiais.

A informação que populares repassaram foi que a vítima da briga seria parente da vítima do estupro e que teria entrado em óbito antes da chegada do socorro.

O Conselho Tutelar de São Pedro do Iguaçu acompanhou o desfecho da ocorrência envolvendo o idoso e a criança.

Com informações: Correio do Lago .

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.