Policial / Cambé 07 de julho de 2018 19h31

Policial mata filho, comete suicídio e deixa carta relatando estupro contra a criança

Uma carta da investigadora foi encontrada e relata que o filho teria sido abusado sexualmente pelo pai...

Uma policial civil, matou seu filho de 2 anos com um tiro na cabeça e depois, cometeu suicídio.

Os corpos foram encontrados por familiares nesta sexta-feira (06), em Cambé, no norte do Paraná, porém, de acordo com informações da polícia, o fato aconteceu na quarta-feira (04).

Uma carta da investigadora foi encontrada e relata que o filho teria sido abusado sexualmente pelo pai, que recentemente recebeu o direito da visita assistida. 

No papel, ela diz que seu filho não será estuprado, pois ele é um anjo. 

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.