Policial / Umuarama 30 de novembro de 2017 11h26

Polícia Civil investiga golpe de meio milhão de reais

Vítima foi empresário de Umuarama que recebeu mala de dinheiro falso...

Meio milhão de reais foi o valor que um empresário, de 54 anos, de Umuarama, perdeu no último fim de semana num estacionamento de supermercado em Arapongas. A entrega de US$160 mil dólares era o passaporte para o empréstimo de R$ 2,8 milhões, que deveriam estar dentro de uma mala de viagem. Após trocar as bagagens, o empresário seguiu para o aeroporto local, onde havia deixado seu jatinho particular, foi conferir o dinheiro e percebeu que as notas não passavam de simples material publicitário.

O delegado do caso Marcos Fernando da Silva Fontes, chefe da 22ª Subdivisão Policial de Arapongas, revela que o golpe começou a ser delineado há cerca de dois meses. Um conhecido do empresário, também de Umuarama, ficou sabendo que ele estaria precisando de dinheiro. A partir desse momento teria começado a intermediar um empréstimo através de uma financeira de Minas Gerais.

“O advogado do empresário e o intermediador viajaram recentemente à Juiz de Fora, onde teriam conversado com o suposto dono da financeira e acertado os detalhes do empréstimo”, detalha. Ao retornarem para Umuarama, o advogado teria ficado responsável de acertar a parte jurídica para fazer a entrega dos valores. “Decidiram fazer a transação em Arapongas, porque teriam outros negócios para fecharem nessa região. Para isso, o empresário veio de jatinho acompanhado do advogado e dois policiais militares”, diz.

Todos os envolvidos, inclusive o intermediador, foram ouvidos, por volta das 21 horas de sábado, na delegacia e liberados. O golpe aconteceu por volta das 17 horas.O delegado explica que os golpistas colocaram doze notas de R$ 100 por cima de 12 blocos de notas, que deveriam ter cada um R$ 100 mil em uma espécie de golpe do paco um pouco mais sofisticado.

Nas notas, como é frequentemente usado por financeiras, de um lado está escrito “material de publicidade, sem valor” e do outro ” nome e endereço”, além de estarem com a mesma numeração. Na noite de sábado, a Polícia Militar (PM), de Arapongas, realizou diversas rondas com o intuito de localizar o veículo usado pelos estelionatários.

Duas pessoas

No carro, um Peugeot, de cor preta, haviam pelo menos duas pessoas. O intermediador não participou da transação. “Estamos averiguando todas as informações repassadas. A princípio os autores do golpe irão responder por estelionato e até por formação de quadrilha, dependendo do número de pessoas envolvidas”, diz.

Com informações: Umuarama News/TN Online.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.