Religião / Reflexão 02 de março de 2018 07h55

Paulo

Ninguém me assistiu na minha primeira defesa; antes, todos me desampararam. … Mas o Senhor assistiu-me e fortaleceu-me, para que, por mim, fosse cumprida a pregação e todos os gentios a ouvissem. 2Timóteo 4:16 e 17.

Paulo diante de Nero – que contraste chocante! … Em poderio e grandeza, ninguém se comparava a ele. … Sem dinheiro, sem amigos, sem conselho, Paulo havia sido retirado de uma prisão para ser condenado à morte. … O aspecto do monarca revelava o vergonhoso relatório das paixões que dominavam seu coração; a fisionomia do prisioneiro dizia da história de um coração em paz com Deus e com o homem. Os resultados de sistemas opostos de educação aquele dia achavam-se em contraste: uma vida de desbragada incontinência e uma vida de inteira abnegação. Encontraram-se os representantes de duas teorias da vida: todo o absorvente egoísmo, que não considera coisa alguma demasiado preciosa para ser sacrificada pelos prazeres passageiros, e a resignação abnegada, pronta para entregar a própria vida, se necessário fosse, pelo bem dos outros. …

O povo e os juízes… haviam comparecido a muitos julgamentos e tinham visto inúmeros criminosos; mas nunca haviam contemplado um homem com a expressão de tão grande calma. … Suas palavras emocionaram até o coração dos mais endurecidos. A verdade, clara, convincente, fulminou o erro.

Assim argumenta o advogado da verdade; fiel entre os infiéis, leal entre os desleais, ele se apresenta como representante de Deus, e sua voz é como uma voz do Céu. Não há temor, nem tristeza, nem desânimo, nem por palavra, nem em seu semblante. … Suas palavras são um brado de vitória acima do rugido da batalha. 

Permiti que este herói da fé fale por si mesmo. Ele diz: “Sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo”.

Com informações: Meditação .

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.