Esportes / Paraná 14 de maio de 2018 15h27

Paraná Clube perde para o Santos e afunda na lanterna do Campeonato Brasileiro

Em relação ao desempenho, o Paraná fez um bom primeiro tempo, jogando recuado e explorando contra-ataques...

(Foto: Guilherme Dionízio/Código 19/Estadão Conteúdo )
(Foto: Guilherme Dionízio/Código 19/Estadão Conteúdo )

O Paraná Clube perdeu por 3 a 1 para o Santos, nesse domingo (dia 13) à noite, na Vila Belmiro, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou em último (20º) lugar, com 1 ponto. O primeiro time fora da zona de rebaixamento é o Internacional, com 5 pontos. O Santos está na 11ª posição, com 6 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

Com o placar, o Paraná soma agora seis partidas seguidas sem vencer – a última vitória foi em 21 de março (1 a 0 sobre o Maringá). O time volta a jogar no domingo, contra o Grêmio, na Vila Capanema.

O técnico Rogério Micale completou 11 jogos pelo Paraná, agora com 4 vitórias, 3 empates e 4 derrotas.

Em relação ao desempenho, o Paraná fez um bom primeiro tempo, jogando recuado e explorando contra-ataques. Na segunda etapa, levou um gol no primeiro minuto e desmoronou. Até construiu algumas jogadas interessantes, mas cometeu muitas falhas individuais. 

ESCALAÇÕES
Os desfalques do Paraná eram Richard, Carlos Eduardo, Jhonny Lucas e Biteco, todos em recuperação. Mansur estava suspenso. Cleber Reis ficou fora por cláusula contratual (pertence ao Santos). O esquema tático foi o 4-2-3-1, com três meias ofensivos: Caio Henrique (centro), Léo Itaperuna (direita) e Silvinho (esquerda). O Santos não tinha David Braz, Bruno Henrique, Guilherme Nunes e Renato, todos em recuperação. O time paulista usou o 4-1-4-1.

PRIMEIRO TEMPO
O Paraná começou recuado, marcando apenas a partir do campo de defesa. Com a bola, tentava atacar rapidamente. A estratégia funcionou no início. Conseguiu anular as principais jogadas do Santos e ainda aplicou três contra-ataques com algum perigo. A melhor chance da primeira etapa foi do Tricolor, em chute de Alemão. O time paulista foi para o vestiário vaiado pela própria torcida.

SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo começou com gol, já no primeiro ataque. Após bate e rebate na área, Gabigol chutou, Sasha desviou de cabeça e Rodrygo ficou livre na pequena área para chutar: 1 a 0. Depois do gol, o Paraná avançou e passou a pressionar a saída de bola do adversário. O Santos teve espaço para jogar e passou a atacar com frequência. Aos 17, Micale trocou na ponta-direita: tirou Léo Itaperuna e colocou Vitor Feijão. Aos 23, troca de volantes: saiu Torito e entrou Alex Santana. O jogo ficou amarrado, com poucas jogadas ofensivas. O Paraná só descontou aos 47, em passe de Caio Henrique e chute de Silvinho da meia-lua.

ESTATÍSTICAS
Ao final dos 90 minutos, o Paraná somou 46% de posse de bola, 14 finalizações (4 certas), 92% de precisão nos passes e 5 escanteios. O Santos teve 54% de posse de bola, 8 arremates (5 certos), 94% nos passes e 6 escanteios. Os dados são do Footstats.

SANTOS 3 x 1 PARANÁ
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Dodô; Alisson, Vitor Bueno (Pituca), Jean Mota, Rodrygo (Arthur Gomes) e Gabigol; Eduardo Sasha. Técnico: Jair Ventura
Paraná: David Rambo; Alemão, Jesiel, Rayan e Igor (Junior); Wesley Dias, Torito González (Alex Santana), Léo Itaperuna (Vitor Feijão), Caio Henrique e Silvinho; Carlos. Técnico: Rogério Micale. 
Gols: Rodrygo (1-2º) e Gabigol (13-2º e 31-2º), Silvinho (47-2º) 
Cartões amarelos: Torito (P). Gabigol (S). 
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Público: 3.971 total
Local: Vila Belmiro, em Santos

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo

12 – Veríssimo recua na fogueira. Alemão quase aproveita. Vanderlei despacha.
27 - Dodô cruza para Rodrygo, que cabeceia. David faz a defesa.
29 – Igor arrisca de longe. A bola vai ao lado.
41 – Alemão tabela com Carlos, entra na área e chuta forte. Vanderlei espalma para escanteio.
42 – Depois de escanteio, Silvinho pega o rebote na meia-lua e chuta ao lado do gol.

Segundo tempo
1 – Gol do Santos. Bate e rebate na área. Gabigol chuta, Sasha desvia de cabeça e Rodrygo entra livre para completar.
13 – Gol do Santos. Vitor Ferraz cruza. Sasha ajeita de cabeça para Gabigol finalizar de cabeça.
17 – Silvinho tabela com Carlos e chuta de fora da área. A bola vai sobre o gol.
23 – Vitor Bueno chuta da meia-lua. A bola vai ao lado.
31 – Gol do Santos. Arthur Gomes passa por Alemão e cruza rasteiro. Gabigol, livre na área, chuta para o gol.
41 – Silvinho arrisca de longe. Vanderlei segura.

47 - Gol do Paraná. Silvinho dispara, tabela com Caio Henrique e chuta da meia-lua. A bola entra no canto

Com informações: Bem Paraná.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.