Política / Brasil 08 de novembro de 2018 13h33

No Twitter, Bolsonaro confirma que abrirá a caixa-preta do BNDES

Nas gestões do PT, por exemplo, a instituição financiou empresas de Eike Batista e dos irmãos Joesley e Wesley Batista...

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) reiterou na manhã desta quinta-feira, 8 em sua conta pessoal na rede de microblog Twitter, que está determinado a abrir a "caixa preta" do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em sua gestão. 

"Firmo o compromisso de iniciar o meu mandato determinado a abrir a caixa preta do BNDES e revelar ao povo brasileiro o que é feito com seu dinheiro nos últimos anos. Acredito que este é um anseio de todos. Um forte abraço!" 

Na quarta-feira, dia 7, em Brasília, onde deu o início oficial dos trabalhos do grupo de transição do governo, o capitão da reserva disse que pretende abrir os arquivos dos contratos do BNDES já na primeira semana de sua administração, em janeiro de 2019. 

O BNDES, ao lado da Petrobras, já esteve no alvo de investigações da Polícia Federal (PF). Nas gestões do PT, por exemplo, a instituição financiou empresas de Eike Batista e dos irmãos Joesley e Wesley Batista, além das obras do Porto de Mariel, em Cuba. Para ter acesso aos dados desses financiamentos, contudo, o presidente eleito terá de quebrar o sigilo que recai sobre boa parte dos contratos. Tal sigilo foi imposto pela ex-presidente Dilma Rousseff, sob alegação de "preservação da privacidade dos atos referentes à gestão bancária".

Com informações: Estadão Conteúdo.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.