Religião / Reflexão 28 de setembro de 2017 07h38

Na Prisão por Amor de Cristo

Porque vos foi concedida a graça de padecerdes por Cristo e não somente de crerdes nEle. Filipenses 1:29.

João Batista fora o primeiro a anunciar o reino de Cristo, e foi também o primeiro a sofrer. As paredes de uma cela na prisão separavam-no agora da liberdade. … Ao passar semana após semana, sem trazer nenhuma mudança, o acabrunhamento e a dúvida se foram sutilmente apoderando dele. Seus discípulos não o abandonaram. … Mas indagavam por que, se esse novo mestre era o Messias, não fazia nada para que João fosse solto? …

Como os discípulos do Salvador, João Batista não compreendia a natureza do reino de Cristo. Esperava que Jesus tomasse o trono de Davi; e, ao passar o tempo, e o Salvador não reclamar nenhuma autoridade real, João ficou perplexo e turbado. … Havia horas em que os cochichos dos demônios lhe torturavam o espírito, e a sombra de um terrível temor, dele se apoderava. Poder-se-ia dar que o longamente esperado Libertador ainda não houvesse aparecido? …

Mas o Batista não abandonou sua fé em Cristo. … Decidiu enviar mensageiros a indagar de Jesus. Isso confiou a dois de seus discípulos. … Os discípulos foram ter com Jesus, levando sua mensagem: “És Tu Aquele que havia de vir, ou esperamos outro?” (Mateus 11:3). … O Salvador não respondeu imediatamente à pergunta dos discípulos. Enquanto eles ficavam por ali, admirados de Seu silêncio, os enfermos e aflitos iam ter com Ele para ser curados. … Ao mesmo tempo que lhes curava as doenças, ensinava o povo. …

Assim se passou o dia, os discípulos de João vendo e ouvindo tudo. Por fim Jesus os chamou a Si, pediu-lhes que fossem, e dissessem a João o que haviam testemunhado. … A prova de Sua divindade mostrava-se na adaptação da mesma às necessidades da humanidade sofredora. …

Os discípulos levaram a mensagem, e foi o suficiente. … As obras de Cristo não somente manifestavam que Ele era o Messias, mas mostravam a maneira por que Seu reino havia de ser estabelecido. … Compreendendo mais claramente agora a natureza da missão de Cristo, [João] entregou-se a Deus para a vida e para a morte, segundo melhor conviesse aos interesses da causa que amava.

Com informações: Meditação.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.