Política / Brasil 05 de dezembro de 2017 11h17

Juiz encaminha voto em processo que pode deixar Lula fora das eleições

Ex-presidente foi condenado em julho a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro...

O relator da Lava-Jato na segunda instância, desembargador João Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), concluiu o voto sobre a possível condenação de Lula na primeira instância e encaminhou para o revisor, juiz Leandro Paulsen. O processo em questão envolve o triplex no Guarujá, litoral de São Paulo. O posicionamento do relator será mantido em sigilo até o julgamento, que ainda não tem data definida.

O ex-presidente Lula foi condenado em julho a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Na decisão, o juiz Sergio Moro também determinou que o ex-presidente não exercesse cargos públicos por 19 anos. Porém, o petista só ficará inelegível de acordo com a Lei da Ficha Limpa se a condenação for mantida em segunda instância.

Depois que Paulsen analisar o processo, o voto será encaminhado para o juiz Victor Laus, terceiro membro do TRF4. Só após a apreciação de Laus que o julgamento será marcado.

Com informações: Agência do Rádio.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.