Religião / Reflexão 15 de dezembro de 2017 08h01

Guarda Pessoal Divina

Na minha primeira defesa, ninguém foi a meu favor; antes, todos me abandonaram. … Mas o Senhor me assistiu e me revestiu de forças, para que, por meu intermédio, a pregação fosse plenamente cumprida, e todos os gentios a ouvissem. 2Timóteo 4:16 e 1

Quando Paulo foi intimado a comparecer diante do imperador Nero para ser julgado, sentia a perspectiva de sua morte próxima e certa. … Não houve entre os cristãos de Roma, quem viesse à frente para estar a seu lado nesta hora de prova. … Paulo perante Nero – como se salienta o contraste! … O nome de Nero fazia o mundo tremer. Cair em seu desagrado era perder a propriedade, a liberdade, a vida; e a sua carregada fisionomia era para temer mais que a pestilência.

Sem dinheiro, sem amigos, sem conselho, o idoso prisioneiro estava perante Nero – apresentando a fisionomia do imperador o relato vergonhoso das paixões que no interior combatiam, e exprimindo o semblante do acusado um coração em paz com Deus. …

Como poderia Nero, tirano caprichoso, licencioso e apaixonado, compreender ou apreciar o caráter e os intuitos deste filho de Deus? 

Nesse dia se puseram em constraste os resultados de sistemas opostos de educação: uma vida de ilimitada condescendência própria, e outra de inteira abnegação. Aí estavam os representantes de duas teorias de vida: um todo-absorvente egoísmo, que coisa alguma considera demasiado valiosa para sacrificar a uma satisfação momentânea, e a persistência na abnegação, pronta a dar a própria vida, se necessário fosse, para bem dos outros. …

Povo e juízes fitaram-no, surpresos. Tinham presenciado a muitos julgamentos, e visto muito criminoso; nunca, porém, haviam visto um homem de fisionomia que irradiasse tão santa calma. … Suas palavras feriram uma corda que vibrou no coração mesmo dos mais endurecidos. A verdade, clara e convincente, derrotou o erro. … As palavras proferidas nessa ocasião destinavam-se a abalar nações inteiras. …

Fiel entre os infiéis, leal entre os desleais, aí está ele como representante de Deus, e sua voz é qual voz do Céu. … Suas palavras são um brado de vitória que se ouve acima do estrondo da batalha. 

Com informações: Meditação.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.