Policial / Mato Grosso do Sul 09 de março de 2018 13h15

Esposa de traficante é detida com carga de cocaína avaliada em R$ 2 milhões

Ela viajava com o filho menor de idade para despistar a polícia...

Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar apreendeu na noite de ontem, em Campo Grande, carregamento com 97,1 quilos de cocaína avaliado em aproximadamente R$ 2 milhões de reais. A droga era transportada em veículo Nissan Versa por Daianny Cristina Aguilera, de 37 anos, mulher de traficante preso no ano passado durante a Operação Talpa, deflagrada pela Polícia Federal para desarticular esquema da "rota caipira" do tráfico. 

Segundo o coronel Wagner Ferreira da Silva, comandante do Bope, o flagrante aconteceu na Avenida Gunter Hans, em frente ao Hospital do Pênfigo. Dayanni entrava na cidade pela rota de Sidrolândia, que dá acesso à fronteira com o Paraguai. Durante abordagem, os policiais encontraram diversos tabletes escondidos no assoalho e banco traseiro do veículo. "Ela entregaria o carro para outra pessoa que levaria para São Paulo", disse o coronel.

Autuada em flagrante por tráfico de drogas, Daianny não viajava sozinha. Ela estava acompanhada do filho de 17 anos, com o intuito de reforçar as aparências de "família" e tentar despistar a polícia. A suspeita é de que estivesse dando continuidade às atividades do marido através "rota caipira", que consiste em despachar droga de Mato Grosso do Sul para o interior de estados vizinhos como São Paulo e Goiás. Em grandes centros como São Paulo, o quilo da cocaína chega a valer R$ 30 mil.

Com informações: Correio do Estado.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.