Política / Brasil 10 de outubro de 2018 08h07

Em eventual governo, Bolsonaro promete tratar reforma da Previdência 'com calma'

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro,…

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, afirmou em entrevista à TV Bandeirantes que, em um eventual governo dele, a reforma da Previdência será tratada "vagarosamente". "Se você fizer com calma e devagar, você chega lá", afirmou, em entrevista gravada à tarde e exibida à noite no Jornal da Band, ao comentar sobre o ritmo de aprovação da reforma da Previdência. "Não é como muitos querem. Não adianta querer botar remendo novo em calça velha." Na avaliação do candidato, o grande gargalo da Previdência é o serviço público. "Por exemplo, um homem do serviço público se aposenta hoje com 60 anos. Vamos botar 61. Você aprova. Se você botar 65 logo de cara, você não vai aprovar porque a esquerda vai fazer uma campanha enorme, dizendo, por exemplo, que no Piauí a expectativa de vida é de 69 anos de idade", afirmou.

Bolsonaro disse ainda que vai "acabar com as incorporações" salariais no momento da aposentadoria. Ele afirmou também que não pode tratar o policial militar e os membros das Forças Armadas da mesma forma que os outros trabalhadores. "O que não pode é fábrica de marajás", disse.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.