Trânsito / Paraná 13 de setembro de 2018 17h17

Detran Paraná recicla mais de dois mil carros e motos que vão virar pregos e arames

Carros e motos são prensados e, mais tarde, serão transformados em pregos, arames e pó de ferro...

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) iniciou na terça e quarta-feira (11 e 12) o processo de reciclagem de 2.232 veículos que estão em pátios da autarquia em Curitiba. Carros e motos são prensados e, mais tarde, serão transformados em pregos, arames e pó de ferro.

O diretor-geral do Detran, Marcello Alvarenga Panizzi, explica que o órgão tem intensificado os leilões com o objetivo de liberar os pátios ocupados por veículos apreendidos em todo Estado. São três modalidades de leilão: a de circulação (para venda de veículos que podem voltar às vias públicas), sucata (para aproveitamento de peças) e reciclagem, em que o veículo prensado é transformado.

“Essa modalidade de reciclagem evita o reaproveitamento ilegal de peças e, ao mesmo tempo, contribui para o meio ambiente e a saúde pública”, esclarece o diretor-geral do Detran, Marcello Alvarenga Panizzi.

Em 2018, até o momento, foram mais de 12.400 veículos leiloados nas três modalidades. No pátio, localizado no bairro Cidade Industrial de Curitiba, foram reciclados 1.200 veículos. Na sede do Detran, no Tarumã, foram recicladas mil motocicletas e mais de 100 carros.

PROCEDIMENTO - Antes de serem destruídos pela prensa, os veículos passam por um processo de descontaminação, descaracterização e trituração. Assim, o Detran evita a contaminação do solo com produtos químicos como óleo e combustíveis, além de água parada e focos do mosquito transmissor da dengue.

LEILÕES - Neste ano o Departamento já realizou nove leilões de veículos para circulação, três para sucata e um para reciclagem, cujo processo de prensa está em andamento.

Com informações: Bem Paraná.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.