Policial / Paraná 09 de maio de 2018 15h08

Delegado divulga vídeo com marmitas desperdiçadas por presos em Umuarama

Os presos têm a possibilidade de receber alimentos de seus familiares e rejeitam a alimentação oferecida pelo Governo...

Mais uma vez o desperdício de alimentos entregues aos presos de Umuarama volta a ser discutido. O delegado Fernando Ernandes Martins divulgou nesta terça-feira (8) vídeos em que mostra as marmitas sendo abertas após serem rejeitadas pelos encarcerados. Os alimentos são colocados em baldes e entregues para criadores de animais, para se tornarem lavagem.

O desperdício de alimentos já foi tema de outras reportagens do site OBemdito. Em 27 de maio de 1017 a reportagem mostrou que dezenas de marmitas eram desperdiçadas diariamente. De acordo com o delegado, neste ano são jogadas fora em média 280 marmitas por dia – cada uma custa R$ 6,00 aos cofres do Estado.

 “Outro dia estava saindo da Delegacia para almoçar e me deparei com o pessoal jogando as marmitas fora. Isso deixa qualquer cidadão indignado com o desperdício de comida e de recursos do Estado, que poderiam ser aplicados em outros setores”, disse o delegado. Os vídeos foram gravados na última sexta-feira (4).

Na gravação do vídeo estavam sendo jogadas fora marmitas de dois dias. Uma delas continha feijoada, arroz e farofa e na outra o cardápio era composto por arroz, bife em molho e polenta. Isso fora a salada, que é acondicionada em outro tipo de embalagem.

Os detidos na carceragem em Umuarama recebem três refeições por dia: café, almoço e janta.

“Pela manhã tem pão com mussarela e presunto, além de café. Muitas pessoas não tem isso para comer em suas casas”, diz Fernando Ernandes.

O que acontece na cadeia local é que os presos têm a possibilidade de receber alimentos de seus familiares. Com isso, acabam deixando de lado a comida que o Governo tem obrigação de entregar diariamente. Clique aqui e assista 

Com informações: O Bem Dito.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.