Esportes / Mundo 24 de outubro de 2017 15h15

Cristiano Ronaldo é eleito o melhor jogador do mundo pela quinta vez

Português se iguala ao argentino Lionel Messi...

Foto: John Sibley/Reuters/Direitos reservados
Foto: John Sibley/Reuters/Direitos reservados

O português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, foi escolhido hoje (23) melhor jogador do mundo da Fifa pela quinta vez. Ele havia ganhado em 2008, 2013, 2014 e no ano passado. Com cinco premiações, o português se iguala ao argentino Lionel Messi.

Junto com Cristiano Ronaldo e Messi, o brasileiro Neymar, do PSG, era um dos finalistas ao troféu de melhor do mundo, mas recebeu apenas 6,9% dos votos. Messi teve 19,25% e Ronaldo, 43,26%.

Além do melhor jogador, a Fifa também elegeu a seleção do mundo, com os melhores jogadores de cada posição. Três brasileiros estão na lista: Neymar e Daniel Alves, do PSG, e Marcelo, do Real Madrid.

A seleção eleita pela Fifa também tem Buffon (Juventus), Sergio Ramos (Real Madrid), Bonucci (Juventus), Modric (Real Madrid), Kroos (Real Madrid), Iniesta (Barcelona), Messi (Barcelona) e Cristiano Ronaldo (Real Madri).

O franco argelino Zinédine Zidane, do Real Madrid, foi eleito o melhor técnico do futebol masculino, e Sarina Wiegman, técnica da seleção holandesa, venceu entre os treinadores de futebol feminino. A também holandesa Lieke Mertens ficou com o prêmio de melhor jogadora do mundo.

O Prêmio Puskas, atribuído ao gol mais bonito, foi para o jogador francês Giroud, do Arsenal, da Inglaterra, marcado contra o também inglês Crystal Palace.

Com informações: Agência Brasil.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.