Política / Marechal Cândido Rondon 05 de junho de 2018 15h59

Comandante pede apoio da Câmara rondonense para ampliação da sede dos Bombeiros

Entre os pontos destacados por Zajac estão os investimentos que somam R$ 1.370.000,00 recebidos nos últimos três anos...

O comandante do Corpo de Bombeiros de Marechal Cândido Rondon, capitão Tiago Zajac, participou da sessão de ontem (04) da Câmara de Vereadores de Marechal Cândido Rondon. Ele utilizou o espaço da Tribuna Popular para fazer um relatório das atividades desenvolvidas pela unidade local desde que ele assumiu o comando do Corpo de Bombeiros do município, em 2015.

Entre os pontos destacados por Zajac estão os investimentos que somam R$ 1.370.000,00 recebidos nos últimos três anos. Tratam-se de um novo caminho de combate a incêndio (R$ 800), uma viatura Amarok (R$ 130 mil), uma viatura Duster (R$ 90 mil), uma ambulância reserva (R$ 50 mil), além de mais equipamentos como um desencarcerador (R$ 100 mil), materiais operacionais diversos (R$ 200 mil) e equipamentos recebidos das prefeituras de Pato Bragado e Entre Rios do Oeste (R$ 100 mil).

Atualmente, o Corpo de Bombeiros rondonense possui dois caminhões de combate a incêndio e resgate, duas viaturas de busca e salvamento, duas ambulâncias e três veículos para uso administrativo. Com uma equipe de 29 soldados, a unidade é responsável por atender também os municípios de Quatro Pontes, Nova Santa Rosa, Pato Bragado, Entre Rios do Oeste, Mercedes, Terra Roxa e Guaíra.

Segundo Zajac, no ano passado foi criada a Seção de Bombeiros de Guaíra com 15 bombeiros militares, o que desafogou as atividades operacionais e administrativas. Esta mudança não afetou o efetivo de Marechal Cândido Rondon. Um dos resultados imediatos foi a redução no tempo de espera para as vistorias requisitadas ao Corpo de Bombeiros rondonense, que antes era de 90 dias e agora é de 72 horas.

Recursos

Apesar dos avanços, o capitão alertou aos vereadores sobre a necessidade de reforma e ampliação da sede do Corpo de Bombeiros. Segundo ele, o prédio – que pertence ao município – não atende as necessidades, além de apresentar alguns problemas estruturais.

Zajac solicitou que seja estudada a possibilidade do município destinar o terreno ao lado do Corpo de Bombeiros para que seja construída uma nova garagem, a qual poderia atender também as viaturas da Polícia Militar.

O comandante também requereu apoio da Câmara de Vereadores para que atue junto ao governo municipal. A intenção é que o Executivo Municipal destine parte dos recursos devolvidos pelo Poder Legislativo para obras de reforma e ampliação do Corpo de Bombeiros. “A gente sabe que a Câmara às vezes devolve dinheiro para o caixa da Prefeitura. Sugiro que parte desse valor seja cedido para a reforma do prédio”, solicitou.

A proposta teve apoio dos vereadores, que manifestaram a disposição de dialogar com o prefeito Marcio Rauber para atender esta reivindicação.

Metas

Independentemente da reforma do atual prédio, Zajac explanou que são metas do Corpo de Bombeiros a construção do Complexo Militar, que abrigaria também as Polícias Militar e Civil; o aumento do efetivo no município e a aquisição de um novo caminhão de combate a incêndio, no valor de R$ 1,5 milhão, que está sendo viabilizado por meio de parceria entre o Corpo de Bombeiros do Estado e a Itaipu Binacional.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.