Cotidiano / Paraná 09 de fevereiro de 2018 17h38

BRDE libera R$ 45,2 milhões a empresas e cooperativas

Os recursos serão investidos em armazenagem, construção de aviários e ampliação e modernização de unidades produtivas...

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) liberou durante o Show Rural Coopavel R$ 45,2 milhões em financiamentos a cooperativas, empresas e produtores rurais das regiões Oeste e Noroeste do Paraná. Os recursos serão investidos em armazenagem, construção de aviários e ampliação e modernização de unidades produtivas.

“Estamos solenizando hoje os bons resultados alcançados pelo BRDE em 2017, apesar da crise econômica, política e moral que o país atravessa”, disse o diretor-presidente do Banco, Orlando Pessuti. “Os recursos liberados aqui fazem parte do total de R$ 2,3 bilhões investidos pelo BRDE em projetos de desenvolvimento nos três estados do Sul”, acrescentou.

O diretor de Operações do BRDE, João Luiz Regiani, disse que o Banco está sempre ao lado do setor produtivo, mas que, sozinha, a instituição não conseguiria cumprir a missão de facilitar o acesso ao crédito de agricultores, empresas, indústria e comércio. “Por isso a importância dessa parceria com vocês, produtores, cooperativas e empreendedores”.

“O BRDE tem sido um grande parceiro nesses 40 anos da cooperativa”, disse o diretor vice-presidente da Coagru Cooperativa Agroindustrial União, Cavalini Carvalho. Ele e o diretor-presidente da cooperativa, Áureo Zampronio, receberam um cheque simbólico no valor de R$ 11 milhões. O valor contratado pela Coagru será investido na ampliação da unidade de recebimento e beneficiamento de grãos em Ubiratã, sede da cooperativa.

Cavalini Carvalho informou que os novos investimentos em armazenagem irão agilizar a entrega de grãos pelos produtores e possibilitar um aumento na capacidade estática da unidade de recebimento em mais de meio milhão de sacas. “Apenas com esses investimentos, teremos um crescimento superior a R$ 150 milhões no faturamento”, destacou.

O avicultor Nelson Alves, cooperado da Copacol, contratou R$ 695 mil para construção de um aviário para frango de corte, com 2.400 metros quadrados. “Sem essa parceria com o BRDE, seria praticamente impossível investir num novo aviário. Sem essa força, avicultores como eu não poderia fazer novos investimentos”, afirmou.

O presidente da C. Vale, Alfredo Lang, lembrou que o Banco financiou o primeiro armazém da cooperativa, em 1970. “Até hoje todos os investimentos da C Vale passam pelo BRDE”, disse. “O BRDE é nosso suporte no desenvolvimento da cooperativa”. A C. Vale contratou R$ 3,4 milhões para investimentos em diversas unidades da cooperativa no Paraná, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Além da C. Vale e Coagru, foram repassados recursos também às cooperativas Frimesa, Coasul e Tradição, à Sociedade Garantidora de Crédito Garantioeste/PR, ao Supermercado Paraná, e a mais um produtor, o avicultor Joaquim Thomé. Estavam presentes o presidente da Frimesa, Valter Vanzela, o presidente da Coasul, PaulinoFachin, e o vice-presidente da Garantioeste/PR, Augusto José Sperotto.

Além dos diretores Orlando Pessuti e João Luiz Regiani, estavam presentes as gerentes da Agência Paraná do BRDE Tatiana Henn, Lisiane Astarita e Carmem Truite, e os técnicos Sérgio Hekave, Paulo Marques, Ronaldo Ribas, Luiz Antonio Werlang e Aurican Paiva de Siqueira, que faz atendimentos no escritório do Banco em Mato Grosso do Sul.

FINANCIAMENTOS LIBERADOS

COOPERATIVA FRIMESA: R$ 5 milhões

Investimento: modernização da unidade de abate de suínos em Medianeira.

COAGRU COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL UNIÃO: R$ 11 milhões.

Investimento: ampliação da unidade de recebimento/beneficiamento de grãos em Ubiratã, com aumento da capacidade estática de armazenagem dos atuais 28.680t para até 41.040t e ampliação da capacidade de secagem de cereais dos atuais 400 t/h para até 670 t/h.

C. VALE COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL: R$ 3,4 milhões.

Investimento: melhoria e modernização em diversas unidades da cooperativa no Paraná, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Rio Grande do Sul .

COOPERATIVA AGROPECUÁRIA TRADIÇÃO: R$ 6 milhões.

Investimentos: expansão das atividades da cooperativa – reforma, ampliação e melhorias operacionais nas novas unidades da Tradição em Mangueirinha e Condói, para aumento da capacidade de armazenagem estática e de secagem de grãos.

COASUL COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL: R$ 10,4 milhões.

Investimento: expansão das atividades de recepção/beneficiamento/armazenagem de grãos nas unidades de Francisco Beltrão, Rio Bonito do Iguaçu e Porto Barreiro, para aumento da capacidade de armazenagem de cereais.

GARANTIOESTE/PR: renovação e ampliação do limite de contratação da sociedade garantidora de crédito em mais R$ 1 milhão.

SUPERMERCADO PARANÁ: R$ 7 milhões.

Investimento: construção da 7ª unidade do grupo empresarial em Goioerê.

AVICULTORES INTEGRADOS À COPACOL:

Joaquim Thomé Neto – R$ 761,4 mil.

Investimento: construção de um aviário (1.820 m²) e modernização de aviário já existente (1.260 m²) para criação de frango de corte.

Nelson Alves – R$ 655 mil.

Investimento: construção de um aviário (2.400 m²) para frango de corte.

Com informações: AEN Notícias.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.