Agricultura / Região Oeste 12 de julho de 2018 15h15

Bactéria ameça produção de milho safrinha no oeste do Paraná

As estrias bacteriana foi identificada pela primeira vez, na década de 40, na África do Sul...

Além do risco de geada, o produtor de milho safrinha conta com mais uma preocupação. As lavouras do oeste do Paraná estão sob a ameaça de um novo inimigo, uma bactéria que causa estrias nas folhas. A doença pode resultar sérios prejuízos. 

As estrias bacteriana foi identificada pela primeira vez, na década de 40, na África do Sul. Em 2016 nos Estados Unidos. No ano passado na Argentina e agora a bactéria está presente no oeste do Paraná. 

Na lavoura de milho de Valdecir há suspeita de contaminação. Amostras foram colhidas e o resultado é aguardado com expectativa. Um dos fatores de sorte é que os sinais começaram a aparecer no final do ciclo

Com informações: Catve.

COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários enviados através do formulário são de inteira responsabilidade do autor. O site MarechalOnline.net se reserva no direito de coletar e armazenar informações do autor, tais como: email, macaddress e ip, para possíveis ações de responsabilidade penal - caso necessário. O site MarechalOnline.net se reserva ainda no direito de não publicar comentários com conteúdo inapropriado para o espaço. Os comentários não são editados, e quando publicados vão ao ar da forma original como foram redigidos pelo autor. Ao utilizar este recurso o autor automaticamente concorda com os termos de uso especificados acima.